sábado, 18 de outubro de 2008

Doenças



São muitas as doenças que assolam o continentes, as mais presentes são a Aids e a malária.
Apesar do governo tentar criar alguns programas para prevenção da Aids, não existe até hoje um programa eficiente para o combate da manifestação desta, além disso, esse tipo de doença ainda é tabu por lá, e há muita discriminação no meio de trabalho e socialmente, por isso também fica difícil administrar este problema. Em termo econômico, também é um desastre para o continente, uma vez que os preços dos remédios no mercado internacional e a falta de infra-estrutura não ajudam na luta contra a Aids. A outra doença, menos falada, porém com maior incidência na África, é a Malária. É na África sub-saariana onde ocorre o maior foco de transmissão, com 90% dos casos no mundo. A doença ocorre também em outras áreas de difícil acesso aos serviços de saúde, e ao contrário da Aids, para a Malária não há nenhuma prevenção eficaz ou algum tipo de vacina.

7 comentários:

Marcela disse...

E além de um programa médico com vacinas e medicamentos, é preciso haver um programa tb de educação para os habitantes. Assim, eles irão ter consciencia de que é preciso haver prevenção.
Mas uma coisa é certa, como essas pessoas irão se preocupar com prevenção se estão realmente morrendo de fome?

Maria disse...

Você chegou no ponto chave: saúde e alimentação devem caminhar juntas, para se viver bem. A população precisa ser estar consciente do que se trata a Aids, por exemplo, para poder se previnir!

Juliana disse...

é necessário que haja a conscientização da população através de progamas preventivos.

Flávio Michelazzo disse...

Algumas prostitutas africanas transaram tanto sem proteção após contrairem a AIDS que se tornaram auto-imunes, ou seja, o próprio vírus se matou dentro delas. Curioso não? Quanto à malária, morro de medo dessa doença, tenho pavor!

juliana disse...

Parabéns pelo artigo!

jandira disse...

Aids é um problema mundial hoje, mas na Africa realmente é uma situação alarmante. Isso é resultado da péssima educação deles. Se soubessem se prevenir não estariam assim!

pensador made in vaso disse...

è irônico o berço da espécie humana ser também o de uma terrível doença como a Aids.Será que a luta contra ela terá fim um dia?