sábado, 18 de outubro de 2008

Economia Africana




A África é o continente mais pobre do mundo. De acordo com o Banco Mundial, os africanos vivem abaixo do nível de pobreza, cerca de 260 dos 783 milhões vivem com menos de um dólar ao dia. O PIB total da África é de apenas 1% do PIB mundial e o continente participa de apenas 2% das transações comerciais que acontecem no mundo.
O atraso econômico e a ausência de uma sociedade de consumo em larga escala, colocam o mercado africano em segundo plano no mundo globalizado. Percebemos a partir desses dados, a falta de integração africana na economia mundial desse mundo “globalizado”.


Mas como a África foi deixada “para trás”?
Desde a sua intensa exploração, até seus inúmeros problemas atuais. Os incessantes conflitos armados, os avanços de epidemias, o agravamento da miséria, levam esse continente a uma problemática sem fim.


A maioria dos africanos mora no meio rural, cerca de 63%; fazendo com que apenas 37% vivam em cidades. Para atender a demanda externa (Europa) de produtos agrícolas e minerais, foi inserido no sistema agrário africano um intercâmbio comercial, onde juntamente com a economia de subsistência, são produzidos produtos primários que se encaminharão para o mercado exterior.

6 comentários:

Aline disse...

Muitooooo triste, ver como um continente é "ignorado", pelo mundo...

jandira disse...

Os europeus sugaram todas as riquezas de lá, abusaram de tudo e quando cansaram largaram o continente a sua própria sorte, como se ele fosse conseguir andar com as proprias pernas assim do nada! REAVOLTANTE!

Gabeira disse...

Um continente tão rico em recursos naturais, e com a economia desse jeito.. É difícil de aceitar.

dr.guida disse...

oi

dr.guida disse...

Muito Bom, parabéns. Aperfeiçoar abordando a Africa do Sul e a luta dos Negros e Brancos.Analisar a influência inglesa e portuguesa.

Marcus

Marcella disse...

o que mais me deixa triste, é ver que nenhuma autoridade faz com que esse quadro seja mudado